CASA SOLAR DA SERRA

Crf a   frontal 1   05gp
Crf a   p%c3%a1tio 1   04gp
Crf a   plantas   01rs
Crf a   plantas2   01rs

Casa Solar da Serra

Localizado a cerca de 20km do centro de Brasília, o condomínio Solar da Serra é caracterizado por uma topografia acidentada, paisagem exuberante e lotes amplos, muitos dos quais ainda não edificados.

 

O lote apresenta uma topografia acidentada com um desnível de testada de 3,5m e 13m de caimento em direção aos fundos, onde fica a mata ciliar, caracterizando parte do lote como área de preservação ambiental. Apenas 31% da área do lote é edificável, porém essa área é mais do que suficiente para se implantar a residência. O desnível acentuado também favorece uma vista preservada em direção à vegetação próxima e aos morros do entorno.

 

A residência é implantada com cuidado na topografia, visando atenuar o impacto de um terrapleno desnecessário. Aliada a isso, a necessidade de construção em etapas favoreceu a criação de uma volumetria recortada em prismas retangulares de diferentes alturas, ligados por coberturas leves que associam cobogós de concreto e planos de vidro.

 

Cinco blocos principais se destacam com as principais funções da casa. Na primeira etapa, situada na cota mais baixa da rua, ficam o bloco de serviços – depósito, dependência, área de serviço, etc. –, o bloco social – cozinha e salas de jantar e estar – e o quarto de hóspedes. Os principais acessos à casa se dão a partir da primeira etapa.

 

Na segunda etapa serão construídos os demais quartos: uma suíte principal e duas semi-suítes. A implantação na porção frontal direita do lote, 1,87m mais alta que a primeira etapa permite o aproveitamento da vista a partir da área íntima da casa.

 

Uma terceira etapa de construção prevê a adição de um platô elevado com vista privilegiada, de frente à sala de estar, um complemento à área social da casa. Sob o platô serão construídas a sauna, academia e a piscina da casa, na cota mais baixa da área edificável. Uma escada lateral externa dá acesso a essas funções, assim como à parte preservada do terreno.

 

O escalonamento dos volumes permitiu a gradação da intimidade dos núcleos, sendo os níveis mais altos os mais reservados da casa. As fachadas também são mais reservadas quando voltadas pra rua, criando intimidade e proteção contra forte sol poente e os ventos chuvosos. As fachadas voltadas para a vista possuem as maiores aberturas, permitindo a entrada do sol nascente e dos ventos secos.

Ficha técnica

Casa Solar da Serra

 

Local

Condomínio Solar da Serra

Jardim Botânico - Brasília/DF

 

Áreas

Terreno - 1.965m²

Edificável - 611m²

Construída - 330m²

 

Ano

Projeto - 2014-15

Construção - 2015-16

 

Autores

Pedro Grilo

Guilherme Araujo

 
Detalhamento

Paulo Cavalcanti

Mariana Freitas

Letícia Claro

 

Equipe

Leandro Tremelite

Ana Meira

Adauto Carvalho

Caterina Ferrero

Laíssa Novais

 
Imagens

Gabriel Akio

Crf a   fundos 1   05gp