CASA WEGÃO

Rjw c   posterior 2
Rjw c   frontal 1
Rjw c   a%c3%a9rea
Rjw c   planta t%c3%a9rreo   02gp
Rjw c   planta terra%c3%a7o   02gp

CASA WEGÃO

 

No ano de 2015, um desafio foi colocado: a redução da área original da Casa Wegão, entregue pela CoDA em 2011, sem descaracterizar suas principais qualidades. A solicitação dos clientes pedia a redução da área da casa para cerca de 230m², 80m² a menos do que o projeto original.

 

O terreno possui uma difícil geometria – um pentágono alongado, com aproximadamente 10 metros de frente, 30 de fundo e 70 metros de profundidade, numa área total de 1120m² ­– com um declive total de 8 metros em direção ao fundo do lote, levou a um cuidadoso estudo da posição dos acessos principais, buscando tirar o melhor proveito do afunilamento inicial do lote. Para a implantação da casa, a solução encontrada foi posicionar a casa distante 25m da testada, criando um acesso frontal rampado que desce 4m em relação ao nível da rua. Com isso, a casa passa a ocupar a região mais naturalmente plana do lote e o restante do desnível fica para a porção posterior, após a área de lazer.

 

A redução significativa de área é possível graças a retirada da garagem (a ser construída posteriormente), da varanda social, de um quarto e um banheiro. As áreas originais dos demais cômodos também são ligeiramente reduzidas e a sala de estar aumenta em 10m². Partindo das demandas originais, a casa se adaptou à topografia acentuada do terreno, sem a necessidade de desnível entre os espaços.

 

Com a compactação desses espaços, é possível dispor a casa inteira em dois volumes térreos, um lateral para a cozinha e área de serviço, revestido com casca de tijolo maciço, e um volume maior para a sala e os quartos, coberto por uma laje trapezoidal que segue a forma do terreno, paralela às suas divisas. A cobertura plana dá lugar a uma área de lazer, com ofurô, deck de madeira e jardins, configurando uma quinta fachada dada a possibilidade de ser avistada a partir da rua.

 

A evolução do processo projetual da Casa Wegão acompanhou as discussões do casal sobre como desejam morar e traz consigo uma importante reflexão sobre nossos modos de habitar atuais onde espaços integrados podem assumir múltiplas funções, com melhoria na qualidade espacial e redução da construção. Abre, assim, um caminho rumo à sustentabilidade na arquitetura residencial.

FICHA TÉCNICA

Casa Wegão

 

Local

Condomínio Privê Morada Sul, Jardim Botânico, Brasília-DF

 

Áreas

Construída - 230m²

 

Ano

Projeto - 2015

Construção - 2016

 

Autores

Pedro Grilo

Guilherme Araujo

 

Detalhamento

Caterina Ferrero

Mariana Freitas

 

Equipe

Ana Meira

Leandro Tremelite

Paulo Cavalcanti

Laíssa Novais

 

Imagens

Gabriel Akio

Rjw c   cozinha 1